O Agility

Conceito

 Agility  é uma atividade de agilidade praticada por duplas compostas de um cão e seu condutor.

O condutor deve conduzir seu cão, sem guia ou coleira, sem tocá-lo e sem a utilização de brinquedos ou comida (usando apenas gestos e comandos verbais), em um percurso com vários obstáculos, seguindo regras específicas em cada um deles.

Qualquer pessoa, seja ela criança, adulto ou idoso, e qualquer cão, seja ou não de raça, pode praticar o agility desde que suas condições de saúde assim o permitam.

Objetivo

O objetivo é terminar o percurso sem cometer infrações e no menor tempo possível, tornando o agility uma prova de habilidade, onde a velocidade é critério decisivo de desempate.

Obstáculos e Percurso

Os obstáculos são compostos por: saltos em altura e à distância, muro, passarela, rampa ‘A’, gangorra, túneis, pneu e slalom e são dispostos em distâncias que variam de 5 a 7 metros, numerados de acordo com a sequência que devem ser abordados.

Nas provas oficiais de agility os condutores conhecem o percurso, definido pelo Juiz da prova, pouco antes da competição, porém há um tempo de 7 minutos para que façam o reconhecimento da pista, sem o cão, e montem sua estratégia de condução que varia de condutor para condutor ou, até mesmo, de dupla para dupla. Assim, um mesmo condutor pode ter estratégias diferentes para cães diferentes.

Graus de Dificuldade

A competição, ainda, é dividida em graus de dificuldade:

Iniciantes/Veteranos e Graus I, II e III.

Categorias Oficiais

Os cães são distribuídos em categorias de acordo com seu tamanho: mini, midi e standard.

Mini, que abrange cães com até 34,99 cm de altura da cernelha (altura que vai da pata dianteira até o osso do “pescoço” do cão);

Midi, que inclui animais com 35 cm a 42,99 cm de altura da cernelha;

Standard, para cães que tenham a partir de 43 cm de altura da cernelha.

Também podemos citar a categoria – não oficialStandard Intermediária, criada neste ano de 2017, para cães com 43,01 cm a 50 cm de altura da cernelha.

Essas medidas são fundamentais para que se determinem a altura e as distâncias dos obstáculos, garantido o melhor desempenho do cão, sem sobrecarga da musculatura e da estrutura óssea do animal.

Para a categoria iniciante, os percursos deverão ter no máximo 18 obstáculos e um mínimo de 14 a serem transpostos. Já para as categorias oficias (G1, G2 e G3)  as provas devem ter um número mínimo de 18 obstáculos e no máximo de 22, sendo sete deles obstáculos de salto.

Para participar

Para competir em provas oficiais, os cães devem ter idade mínima de 12 meses para o nível iniciante. Para ingressar “grau I”, o animal precisa ter no mínimo 18 meses. Além disso, o condutor, que pode, ou não, ser o dono do cachorro, deve se cadastrar no site da Comissão Brasileira de Agility para obter a carteira de trabalho de seu cão. Após o pagamento da taxa de Licença de Agility, estará apto para se inscrever e participar dos campeonatos disputados em todo o território nacional.

Receba nossas novidades